Síntese de Evidências para Políticas de Saúde

Opção 2 – Incentivar, em nível comunitário, a prática de atividade física aeróbica sob supervisão profissional

Implementar a oferta da atividade física aeróbica sob orientação profissional como forma de prevenção e tratamento de doenças crônicas.

Quadro 2 – Achados relevantes para a opção, segundo revisões sistemáticas/ avaliações econômicas

Categorias dos achados Síntese dos achados mais relevantes
Benefícios Uma revisão sistemática (KELLEY, 1999) de muito boa qualidade, mas não muito recente, aponta que o exercício aeróbico promove a redução da pressão arterial de repouso nas mulheres adultas. Outra revisão confirmou a eficácia do exercício aeróbico para a redução da pressão arterial sistólica de repouso em idosos (KELLEY, 1999; KELLEY; SHARPE KELLEY, 2001).

Outra revisão sistemática mais recente, também com muito boa qualidade, concluiu que o exercício aeróbico reduz a pressão arterial em hipertensos e normotensos. O aumento da atividade física aeróbica deve ser considerado um importante componente de modificação do estilo de vida para a prevenção e tratamento da pressão arterial elevada (WHELTON et al., 2002).

Outra revisão sistemática ainda mais recente e de muito boa qualidade (KODAMA et al., 2007) demonstrou que exercícios aeróbicos regulares aumentam discretamente os níveis de HDL-Colesterol.

Uma revisão sistemática pouco recente, mas de boa qualidade, aponta que o treinamento físico aeróbico foi capaz de produzir uma diminuição pequena, mas significativa, da pressão arterial, independentemente da intensidade ou da frequência (HALBERT et al., 1997).

Danos potenciais Nenhum estudo apontou potenciais danos.
Custos e/ou custo-efetividade em relação à situação atual Não foi encontrada nenhuma avaliação econômica comparando a atividade física a outras terapias, entretanto, o baixo custo das atividades (caminhada, por exemplo) pode representar vantagem em relação às terapias medicamentosas.
Incertezas em relação aos benefícios, danos potenciais e riscos, de modo que o monitoramento e avaliação sejam garantidas se a opção for implementada Uma revisão sistemátIca (HALBERT et al., 1997) aponta que as mudanças na pressão arterial sistêmica podem não ter signifIcado clínico entre a maioria dos pacientes hipertensos.
Principais elementos da opção (se já foi implementada/testada em outro lugar) Atividades aeróbias são efetivas para a prevenção e tratamento da pressão arterial elevada. As atividades aeróbicas analisadas foram: caminhada, cliclismo, natação, hidroginástica e dança aeróbica.
Percepções e experiências das partes interessadas (grupos de interesse) O aumento da atIvidade fÍsica aeróbica pode ser importante para a mudança do estilo de vida na prevenção e tratamento da pressão arterial elevada (WHELTON et al., 2002).