Síntese de Evidências para Políticas de Saúde

Implementação da opção 4

Opção 4 – Promover a interação entre pesquisadores e tomadores de decisão

Pacientes/ indivíduos/ tomadores de decisão

  • Os tomadores de decisão devem organizar suas agendas para incluir atividades que envolvam a participação em eventos voltados para a disseminação de conhecimento cientifico e para o diálogo sobre estratégias de produção, implementação e monitoramento de políticas informadas por evidências.

Trabalhadores de saúde

  • Os pesquisadores também devem organizar suas agendas para participar de eventos de difusão e tradução do conhecimento. Nesse sentido, devem tentar elaborar apresentações em uma linguagem adaptada para um público não especializado, além de produzir mensagens claras e objetivas que possam ser mais facilmente incorporadas em políticas públicas.

Organização de serviços de saúde

  • Um grande desafio para os serviços de saúde é incorporar o conhecimento gerado a partir do diálogo entre pesquisadores e tomadores de decisão. Para superar essa barreira, gestores responsáveis pelos serviços de saúde também devem participar da discussão, contribuindo com sua percepção e experiência.

Sistemas de saúde

  • A implementação dessa opção pode ser dificultada pela atual falta de estrutura governamental para promover o diálogo entre pesquisadores e tomadores de decisões. Dificuldades de financiamento e incompatibilidade de agenda entre tomadores de decisões e pesquisadores podem reduzir a efetividade dessa opção. Os diálogos deliberativos devem ser estimulados em todos os níveis federativos para atender as demandas locais, além disso, o sistema de saúde deve estar preparado para utilizar o conhecimento produzido nesses diálogos de forma sistematizada.