Síntese de Evidências para Políticas de Saúde

Ferramentas SUPPORT para a elaboração de políticas de saúde baseadas em evidências (STP)

Introdução

John N Lavis1*, Andrew D Oxman2, Simon Lewin3 and Atle Fretheim4

Este artigo é a Introdução de uma série escrita para as pessoas responsáveis pela tomada de decisões relacionadas a políticas e programas de saúde e para aqueles que dão apoio a estes tomadores de decisão.

Saber como localizar e usar evidências de pesquisa pode ajudar os formuladores de políticas e aqueles que os ajudam a melhorar e a tornar a elaboração de políticas mais eficiente. Cada artigo desta série apresenta uma proposta de ferramenta que pode ser usada por aqueles envolvidos na busca e utilização de evidências de pesquisa para sustentar a elaboração de políticas de saúde baseadas em evidências. A série aborda quatro grandes áreas: 1. Apoio na elaboração de políticas baseadas em evidências; 2. Identificação das necessidades de evidências de pesquisa nas três etapas dos processos de formulação de políticas, ou seja, esclarecimento do problema, estruturação de opções, planejamento da execução; 3. Descoberta e avaliação das revisões sistemáticas e outros tipos de evidência para sustentação dessas etapas; e 4. Passagem da fase de evidências de pesquisa para a fase de decisões. Cada artigo começa com um, dois ou três cenários típicos relacionados ao tema. Estes cenários são projetados para ajudar os leitores a decidir sobre o nível de detalhamento que é relevante para eles na aplicação das ferramentas descritas. A maioria dos artigos desta série é estruturada utilizando um conjunto de perguntas que guia os leitores por meio das ferramentas propostas e mostra como desenvolver atividades para sustentar, de fato e com maior eficiência, a elaboração de políticas baseadas em evidências. Estas atividades incluem, por exemplo, o uso de evidências de pesquisa para esclarecer problemas, a avaliação da aplicabilidade das constatações de uma revisão sistemática sobre os efeitos das opções selecionadas para a resolução de problemas, a organização e o uso de diálogos da política para sustentar a elaboração de políticas baseadas em evidências e o planejamento da avaliação e monitoramento de políticas. Em vários artigos, o conjunto de questões apresentadas oferece mais orientações gerais sobre como apoiar a elaboração de políticas baseadas em evidências. Em cada artigo são listados e descritos recursos de informações adicionais. A avaliação dos métodos de apoio à elaboração de políticas de saúde baseadas em evidências é um campo em desenvolvimento e opiniões construtivas sobre como melhorar a série são bem-vindas.

Leia a introdução na íntegra!